Você pode me encontrar.

091

 

Hoje em dia pessoas do mundo inteiro estão na internet, de crianças a idosos e é muito normal, já que a internet um meio de comunicação capaz de agradar a pessoas de todas as idades, me lembro muito bem, quando ganhei meu primeiro computador, bom tinha 13 anos de idade e para falar a verdade usava apenas para fazer trabalhos escolares, não conhecia blogs (pena), ficava apenas naquelas redes sociais que eram famosas no momento.        Vejo hoje em dia muitas história de blogueiras que começaram a vencer a timidez e medos através dos blogs, bom eu conseguir fazer isso também através dos blogs só que um pouco mais tarde, antes tinha receio de postar fotos nas redes sociais e falava apenas com os amigos mais chegados, via minhas amigas na escola todos os dias e mesmo assim a tarde estávamos lá conversando na internet.

Bom não é crime não ter muitos amigos, só é ruim não dar abertura para que as pessoas se aproximem de você, sempre fui muito fechada e ficava sempre me afastando de todos  (talvez fosse o problema com o bullying, mas naquela época não se falava muito disso, talvez eu nem soubesse como era o verdadeiro nome que se dava para isso). Depois que comecei a pesquisar mais na internet ficava vendo imagens legais esses tipos de coisa, não tinha noção do que era blog, do que era Tumblr, e o Facebook nem sei se já existia.

Com um tempo fui me afastando cada vez mais das pessoas, achava que era uma forma de me proteger do mundo, mas não era. Então tive a brilhante ideia de procurar coisas legais na internet e foi assim que conheci os blogs, bom acho que já estava com 15 anos por aí, então passei a ficar tipo viciada nesse tipo de coisa, ficava me imaginando um dia, fazendo post, videos e sempre me respondia a mesma coisa, não você não pertence a esse mundo.

Hoje eu vejo o quão estava enganada eu pertenço a esse mundo sim, na verdade sempre pertenci só não sabia disso, meu medo de ser julgada ou até me expor me deixava para trás e e privava de coisas que amo por puro medo, quando se é ansioso demais, você se torna tímido demais. Aos 17 anos criei um blog (demorei mais conseguir) e hoje não consigo me ver sem ele, não é pelo reconhecimento nem nada, meu blog tem pouco tempo, é por ter tido coragem de mostrar quem sou para outras pessoas.

Mudei, adquirir maturidade (nem tanta), ganhei novos sonhos e acho que tô indo bem, se os outros não acharem tudo bem, as pessoas não gostam das mesma coisas, ter um blog é como aprender a cozinhar você sempre vai ter medo de se queimar ou colocar muito sal, mas é tentando que se aprende.

Hoje você pode me encontrar também no Tumblr. 

Dai Vieirahblogueira : É um perfil pessoal que criei há poucos dias, lá vou contar um pouco mais sobre mim

DaiiVieirah: Perfil do blog, serve para divulgar e também para trazer os leitores mais para perto.

doce2

Facebook: 

Dai Vieira: Perfil pessoal a Dai de carne e osso, e coração de vento.  Sou a mesma Dai blogueira, mas a mesma amiga.

Crescendo aos Poucos: Fan page do facebook, divulgação e interação com blogueiras e leitores, vocês são todos bem vindos.

tripper2

Twitter

@Dayvieirah : Perfil pessoal, já foi usado para divulgar o blog, hoje o blog tem um twitter próprio.

@Cpoucos: Twitter do blog, usado para divulgação e manter contato com leitoras, fiquem a vontade.

blog

Pinterest

Dai Vieira: Não posto muito lá, mais gostaria de postar mais, vou separar um tempo para isso.

doce

Tenham uma boa tarde.

Dai Vieira também tem Instagram perdeu o medo de postar fotos @daaivieirah.

xoxo

large

Anúncios

2 comentários »

  1. Dai, a verdade é que mesmo com os blogs acabamos nos afastando das pessoas, de uma forma que nem percebemos, e isso realmente me faz pensar se vale mesmo trocar essa realidade por esse fantástico mundo da internet.

    Mandei convite no Face para conversarmos por lá tbm’ *.*
    http://tudoaosdezoito.wordpress.com/

    • Acho que já estamos tão acostumados a trocar a realidade que as vezes isso é até bom, mas mesmo com o blog e toda essa vida que construímos na internet devemos lembrar que na vida real também existem coisas e pessoas maravilhosas, a internet acho que já é indispensável na vida da maioria das blogueiras, de qualquer forma criamos o nosso mundo aqui.
      Vou aceitar Nanda *.*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s