Em busca daquele amor

Por muito tempo eu o procurei, pensei em já ter encontrado e me perdido dele por aí, dizia quem sabe na próxima a gente não se esbarre, derrube os livros da minha mão e ele me ajuda a pegar ( coisa de filme), ainda procuro por aí alguém que derrube meus livros. Criamos muito expectativas sobre esse tal amor, vivo o procurando-o e acho que é por isso que ele não vem ou será que está tão perto e eu não consigo esperar.

Ah aquele amor que vem devagar, faz você suspirar, chego até bambear só de pensar. Ando pelas ruas procurando em que esquina ele se esconde e olho por todos os lugares, mas é em vão. Quando era mais nova ficava imaginando no dia que ele iria chegar, mandou paixões e confusões, ameaças de mar porém de verdade nunca veio me visitar.

Manda recados que me fazem desacreditar, será que você existe ou se esconde em algum lugar me diga se devo esperar ou se devo continuar vivendo paixões e confusões até você chegar. Me avise quando estiver por perto mando um torpedo ou uma mensagem, só para eu lembrar de fazer as unhas e estar preparada quando tocarmos no mesmo livro que eu derrubar.

 

Me siga nas redes sociais:

FACEBOOK  ♥ TWITTER  ♥ INSTAGRAM  ♥ TUMBLR YOUTUBE 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s