Do que você tem medo?

Do que você tem medo? Deixamos de fazer muitas coisas na vida por sentir medo, isso porque o medo nos limita, nos impede de fazer p que temos vontade é de sermos que realmente somos. 

Costumava ter medo de ser eu mesma, de falar do meu jeito, de ser do meu jeito, de fazer as coisas do meu jeito. Estava sempre ali com medo de fazer coisas e ser julgadas. Não praticava esportes com medo de cair e ser zoada por isso, não saía com medo de não saber me comportar ou de que as pessoas pensassem que eu não me encaixava ali, não dançava com medo das pessoas rirem, ou seja eu não vivia com um medo. 

Talvez pensassem que eu era tímida, talvez eu fosse. Mas eu sei que meu medo começou a ir embora quando tive coragem para postar o meu primeiro texto. E por um longo tempo postava textos sem essência, textos vizinhos, para que as pessoas não soubessem quem eu era. Dava minha opinião de forma neutra, tinha medo de defender o lado que eu achava correto e ser julgada por isso. 

Acho que criamos o mede de algo como forma de proteção, eu penso da seguinte forma, se não faço não me machucarei. Lembro quando ganhei a minha primeira bicicleta, tinha rodinhas e era perfeita para o meu tamanho, mas eu tinha muito medo de cair e isso fez com que a bike ficasse em um canto por 2 anos, minha mãe forçava a tentativa, mas eu era pequena demais para tentar. 

Quantas pessoas não aprendem a andar de bicicleta por medo de cair? Ou até mesmo de falar com alguém e ser ignorado, quantas amizades você já deixou de fazer por um simples medo? 

Quantas vezes você não dançou aquela música que você ama porque ficou com vergonha? Quantas vezes ficou calado presenciando uma injustiça? O medo nos limita, nos impede de viver, não podemos deixar ele tomar conta do nosso ser. 

Eu já tive crises de ansiedade terríveis (é como apelidei). Não chega a ser grave, mas é algo me incomodava e que me fez sentir bastante medo. Me tornava vulnerável e não queria ser assim. Cheguei ao ponto de deixar de fazer algumas coisas por sentir medo que tudo aquilo voltasse. Me sentia mal no meio de grandes multidões, em lugares fechados ou apertados. Vivia boa tarde do meu tempo no meu quarto e o fato de gostar de escrever me ajudava a colocar para fora tudo que eu sentia. Isso me fez perder o medo é viver a minha vida sem medo e arriscar.

Anúncios

Categorias: Comportamento

Tagged as: , , ,

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s