Relacionamento

Conselhos da Dai – Vou te dar dicas e conselhos sobre relacionamento em forma de vídeo.

Conselhos da Dai

Oi amores, o Crescendo aos Poucos está cheio de novidades, se você não reparou ainda, estamos otimizando o blog para te ajudar da melhor maneira possível. Eu tenho recebido muitos e-mails e comentários sobre relacionamento e lamento dizer, mas não estava conseguindo atender a toda essa demanda. Quem me conhece sabe que não leio o comentário ou o e-mail e respondo de imediato, é preciso estudar a situação e claro entender ambos os lados da história para somente dessa forma tentar te ajudar da melhor maneira.

Como as vezes eu costumo atrasar algumas respostas, algumas pessoas tem recorrido as redes sociais, fico feliz em saber que a minha opinião ganhou grande relevância. Pensando nisso estou criando novas formas de tirar as dúvidas dos meus leitores mais rápido e estou usando todos os meios de comunicação na internet para conseguir fazer isso, Ainda não tinha levado isso para o YouTube, mas visto que muitos leitores disseram que meu vídeo ajudou bastante eu resolvi criar o Conselhos da Dai.

O conselhos da Dai funcionará como um quadro onde eu responderei e-mail e comentários sobre relacionamento em forma de vídeo (se você quer que eu responda suas dúvidas em forma de vídeo é só me mandar um e-mail). O quadro vai ser lançado amanhã as 8:00 horas da manhã e começarei respondendo um comentário de uma leitora que me pediu ajuda e opinião sobre o relacionamento dela.

Gente eu percebi que em forma de vídeo consigo te ajudar da melhor maneira e também consigo fazer com que pessoas do mundo inteiro também te ajude, uma vez que no youtube o público é bem maior, as pessoas preferem assistir à ler (o que é uma pena). Mas como influenciadora digital e criadora de conteúdo devo utilizar todos os meios de atender o meu público da melhor maneira possível.

Lembrando que eu posso utilizar os comentários para fazer vídeos, mas preciso da sua autorização para responder seu e-mail em forma de vídeo. Jamais revelarei seu nome ou seus dados, muito menos seu e-mail (ao menos se você pedir para revelar) Contarei apenas a história e ajudarei da melhor forma, sem te expor de nenhuma forma.

Obrigada pela confiança e pelos e-mails e comentários carinhosos, vocês são demais e nunca vou conseguir retribuir tamanho carinho. Obrigada por fazer parte da história do Crescendo aos Poucos, como amor Dai.

Confira o primeiro vídeo do quadro #conselhosdaDai

Anúncios
Comportamento

Uma hora gente aprende

Uma hora a gente aprende. Aprende a dizer não, e se impor, mostrar que não somos bestas o tempo todo e que as pessoas não podem se aproveitar da nossa boa vontade para sempre. Aprende que as pessoas nem sempre são legais como parecem, a gente aprende a crescer e aceitar que tudo acontece por um motivo e que poderia ter sido muito pior.

Uma hora a gente aprende a se virar sozinho, ninguém pode ficar escorado nos outros para sempre, aprende que não dói seguir em frete e o que dói mesmo é  ficar remoendo o passado. Aprende a caminhar sozinho, a tomar decisões sozinho, mesmo que outras pessoas digam que não.

Uma hora a gente aprende a perdoar, mas também aprende a não oferecer o outro lado, ninguém pode ser feito de bobo para sempre. Aprende que não vale a pena manter pessoas que não agregam em nada, nas nossas vida. Aprende a afastar o mau pela raiz, que não vale a pena manter pessoas negativas perto de nós.

Uma hora a gente aprende com os erros, não a nada que não possa ser remediado. aprende a pensar primeiro antes de agir, aprende que dar para evitar as coisas ruins. Aprende a tirar proveito das coisas ruins, pois sempre existe um lado bom. Aprende que pessoas erram e aprende a dar uma segunda chance.

Uma hora a gente aprende que a vida é muita curta para viver lamentando, e que coisas boas acontecem o tempo todo, basta abrir os olhos para elas. Aprende que para as coisas darem certo é  preciso levantar e fazer. Trabalhar para alcançar as nossas metas é o melhor jeito para vencer.

O mundo pode parecer grande, a vida pode parecer difícil, mas o que importa é vivermos vem e sermos felizes praticando o bem.