Comportamento

Não se autossabote

autossabotagem-pode-prejudicar-os-negocios

imagem da internet

Título pertinente não? Ah! Pois, muito. E, vem mesmo a calhar.

Por diversas vezes, ou propositadamente ou despropositadamente estamos a nos autossabotar, em muitas aéreas das nossas vidas.

É insistir e persistir naquele relacionamento que não ata nem desata;

É no “despedaçar-se para manter o outro inteiro”, muitas vezes é aquele outro que não está nem aí para você;

É no negligenciar sua vida espiritual;

É no sofrer calado;

É no suportar tudo, mas tudo mesmo, tanto o que vem para construir, como o que vem para destruir.

Não faça isso com você. Não se autossabote. O inimigo dentro de nós mesmos está sempre lá, pronto para ganhar voz e vida, porém só as terá se você der poder a ele. Não lhe dê jamais.

Você é caro e especial para Deus, entenda isso e faça dessa frase sua oração diária.

Levante da cama já com essa oração na mente, e nos lábios. Diga e repita quantas vezes forem necessárias, até que você mesmo se convença disso: “Eu sou caro e especial para Deus”! Por isso mesmo, vou a luta, desafiarei a mim mesmo, farei tudo que eu tiver para fazer hoje (nada de deixar para amanhã o que posso fazer hoje), não abandonar uma meta ou um objetivo logo na primeira dificuldade encontrada (começar sim, continuar sim, entretanto, desistir jamais. Irei até aonde as minhas forças me permitirem ir. Irei até onde Deus disser que eu posso ir), e não negarei minhas responsabilidades (sejam quais forem elas, assumirei todas, e eventualmente as consequências que isso acarretar).

Às vezes essa questão da autossabotagem nos passa despercebido, porém é um assunto sério, e que merece sua devida atenção.

Ela vem naquelas nossas típicas frases (quase rotineiras): “eu não consigo”; “eu não posso”; “eu não quero”; “eu não preciso disso ou daquilo”; “o outro é mais capaz que eu, porque conseguiu, e eu não”; etc.

Quando isso acontece, não nos desafiamos a nós mesmos, não saímos da nossa zona de conforto, não nos permitimos abrir a novas oportunidades e novos horizontes. O que acaba por não nos deixar evoluir a todos os níveis e sentidos possíveis.

Pode ter uma certa aérea da sua vida que precisa de ajustes e acertos, mas infelizmente não os terá, porque você não está se desafiando, não quer sair da sua zona de conforto, não se permitir abrir a novas oportunidades e novos horizontes, ou seja, você está se autossabotando. Esse é o efeito (mau) da autossabotagem.

Não se autossabote. Você é mais. Desafie a você mesmo. Saia da sua zona de conforto, agora e já. Se permita abrir a novos horizontes e novas oportunidades. Dê a si mesmo essa chance. Mereces isso e muito mais.

Em vez de dizer: “eu não consigo” diga: “eu consigo”;

“Eu não quero” diga: “eu quero”;

Não diga: “eu não posso” diga: “eu posso”;

Não pense pequeno. Pense grande. E vá na direção do seu pensamento. “Você se torna naquilo que você pensa.”

Texto de Maryelsa Macedo.


Quer ter o seu texto aqui no blog também? Manda para mim!

Vamos ser amigos? Me segue nas minhas redes sociais â¤

PINTEREST ♥ FACEBOOK  ♥ TWITTER  ♥ INSTAGRAM  ♥ TUMBLR  ♥ YOUTUBE

Deseja fazer parceria com o blog, mandar produtos para testes ou divulgar aqui entre em contato pelo e-mail abaixo.

 e-mail: dvblogcap@gmail.com


 

Anúncios

1 resposta »

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.