Publicidade - OTZAds

4 Dicas para se livrar das dívidas com cartão de crédito

O cartão de crédito é um aliado nas compras se usado de forma correta, caso contrário você pode acabar atrasando as faturas e adquirindo dívidas em pouco tempo. Confira aqui nesse artigo como fazer um uso consciente, e se livrar das dívidas.

Por que muitas pessoas acabam endividadas com cartão de crédito?

<
Publicidade - OTZAds

Uma das razões pelas quais as pessoas assumem dívidas “eternas” com cartões de crédito pode ser o fato de terem se acostumado a pagar o mínimo indispensável a cada mês, enquanto continuam consumindo cada vez mais, o que faz com que a taxa mínima aumente.

Publicidade - OTZAds

Pagar o mínimo parece uma maneira eficiente de evitar a dor de pagar quantias significativas de nosso orçamento mensal, mas não é! A dívida do cartão de crédito continua a crescer e pode deixar o seu nome sujo, sendo necessário consultar o CPF pelo nome e data da nascimento, a fim de conferir seu score.

O cartão de crédito não é um inimigo, o seu uso é muito benéfico e pode ajudar na educação financeira, desde que você tenha consciência de como usá-lo, sem deixar atrasar suas faturas e pagando as mesmas por completo, evitando o valor de pagamento mínimo.

cartão de crédito

Dicas para se livrar da dívida com cartão de crédito

Apesar dessa dor de cabeça, existem maneiras de reduzir ou mesmo sair da dívida do cartão e conseguir pagar a segunda via de fatura, por exemplo. E essas chaves também podem impedir um novo endividamento. Como fazê-lo? Confira as dicas a seguir:

  1. Controle os gastos com o cartão de crédito

Ter mais de um cartão de crédito é tentador, mas apenas um é o sufisciente, ao menos para aprender a ter controle com gastos de início.

É importante verificar qual o cartão tem menores taxas de juros e possui mais vantagens, como é o caso do cartão de crédito hipercard.

Se o uso de apenas um cartão possibilitar o controle de despesas, serão evitadas consequências financeiramente desastrosas.

Faça um planejamento mensal, estabeleça um limite e gastos para qual utilizará o cartão, pois isso permite um maior controle. Além disso, evite gastar o limite.

  1. Não deixe a dívida continuar aumentando

Pagar o valor mínimo pode ajudar de imediato, mas só aumenta o valor da dívida, devido aos juros e consequências.

Você deve parar esse processo ruim, não deixe a dívida aumentar. Se puder, pague mais do que a taxa mínima para que a dívida seja extinta o mais rápido possível. E não compre mais até quitá-la! O importante é que essas dívidas não continuem a crescer.

  1. Negocie um refinanciamento

É recomendável solicitar um corte atualizado para conhecer os valores exatos da dívida. A partir de então, você pode analisar e comparar diferentes alternativas para cancelar a dívida.

Algumas opções podem ser refinanciadas através do próprio cartão (crie um plano de parcelamento para pagar o saldo) e, como última opção, obtenha um empréstimo bancário pessoal, para que você possa interromper a dívida cancelando-a e negocie parcelas confortáveis ​​para pagar o empréstimo.

Essa opção, embora viável, não é a mais aconselhável, é claro, uma vez que “um buraco não é coberto por outro buraco”. Tomar uma dívida para pagar a outra não ajuda muito, simplesmente gera um novo problema que você terá que resolver gerando outra dívida, mas se você não souber como controlá-la, poderá levar a um complicado círculo . O que deve ser feito é reduzir drasticamente o consumo.

  1. Aprenda a lição

É aceitável entrar numa dívida difícil com o cartão de crédito apenas uma vez. Mas reincorporar a falha pode levar a uma espiral de dívidas de longo prazo. Portanto, é melhor priorizar as compras em dinheiro e não acumular cartões de crédito, deixando os mesmos somente para ocasiões emergenciais.

Descubra qual o melhor cartão de crédito para você! 

Thais Fideles

Creio que pensamentos positivos ligados a ações, fazem o universo conspirar a nosso favor.

6 thoughts on “4 Dicas para se livrar das dívidas com cartão de crédito

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: