Empreendedorismo digital

Valorize seu trabalho como blogueira ou influenciadora digital

Tenho me deparado com propostas totalmente sem noção. Como sabem sou blogueira há 7 anos  e por muitos anos aceitei propostas de parcerias que mal pagavam o domínio do blog, a maioria das empresas só queriam mandar produtos e muitas vezes nem isso. Sei que não sou apenas eu, que passo por essa situação, o problema é que algumas pessoas aceitam propostas ruins de parceria e isso continua desvalorizando o trabalho da blogueira.

valorize seu trabalho

Muitos profissionais não são valorizados, e por blogueiro e influencer digital serem profissões novas no mercado, muitas empresas não querem pagar. Se você faz uma parceria em troca de um valor muito abaixo do mercado, apenas para não perder a parceria eu quero que você comece a valorizar o seu trabalho.

Nós blogueiros temos um custo com nossos blogs e com nossas redes sociais, assim com os influencers tudo tem um custo.

Alguns dos custos de blogueiros e influenciadores:

  • Domínio que é pago anualmente e normalmente custa uma pequena fortuna, pois a maioria aceitam pagamento em dólar que está alto no momento.
  • Internet: Sem internet o blogueiro não vive, precisamos dela o tempo todo. Uma boa internet não custa tão caro, mas também não é barato e querendo ou não se configura em custo.
  • Tempo: “tempo é dinheiro” Quanto tempo você demora para produzir um conteúdo? A maioria dos produtores de conteúdo, demoram de 2 até 6 horas para produzir um bom conteúdo. Você acha justo não receber o suficiente para suprir o tempo gasto no seu conteúdo?
  • Publicidade paga, alguns blogueiros e criadores de conteúdo utilizam de publicidade paga para promover um conteúdo e é uma estrategia de marketing muito recomendada, se você investe, precisará de retorno.

As influencers digitais e também algumas blogueiras que utilizam da sua imagem, tem custos com cabelo, maquiagem, e muitos outros serviços de beleza e estéticos, e muitas vezes ela recebem um “mimo” e nada mais.

A culpa da profissão não ser valorizada são das empresas? Em parte sim, mas por outro lado não. Muitas vezes a culpa é do profissional que não se valoriza, não negocia, não dá seu preço.

Sei que muitas pessoas vão dizer que blogueiras cobram caro, uma coisa que eu sempre aprendi é não colocar preço no trabalho dos outros, se tal blogueira cobra tanto, significa que é o que ela acha que o trabalho dela vale, se a empresa quiser muito negociar com ela deve tentar um acordo que beneficie os dois lados ou simplesmente pagar o que ela pede.

E isso serve para blogueiras também, já recebi propostas do tipo: estamos com um orçamento apertado, tem como cobrar, mas barato? Eu tento procurar saber qual o orçamento eles tem e vejo o que posso fazer por aquele preço, dependendo eu digo não.

Nessa profissional é importante dizer não, porque tem algumas propostas totalmente sem noção, que nos deixa revoltados. Ou aquele cliente que pergunta o preço nem sequer fala que não está interessado.

Algumas pessoas ainda não sabem quanto cobrar pelos serviços do seu blog e por isso as vezes acabam cobrando barato ou aceitando propostas sem pé nem cabeça, se você tem dúvidas de quanto cobrar por um publipost conheça a calculadora mágica de publieditorial!

Valorizar o trabalho não significa cobrar muito caro, mas convencer a empresa que o seu trabalho vale a pena. Se ela não aceitar, paciência. Se você cobra um valor X por tal serviço o cliente tem que pagar aquele valor.

Você pede para um médico fazer desconto na consulta? Ou pede para o dentista cobrar mais barato? Não, você paga pelo serviço que ele oferece.

Por isso valorize seu trabalho como blogueira e influenciadora Digital, o mesmo serve para aquelas pessoas que pedem diquinhas. Um médico não dá dicas fora do consultório, um advogado não auxilia sem pagar os honorários. Portanto não dê diquinhas sem cobrar pela mentoria ou consultoria, não estou dizendo para dá dicas de graça, mas pense que pode cobrar por algumas delas.

Deixe uma resposta