Dica do dia

Dicas para deixar sua casa mais segura para seu pet

Pesquisas mostraram que na pandemia aumentou o número de adoção de animais de estimação, muitos tendo nesses animais a única companhia durante o isolamento social.

Porém, não basta apenas adotar, dar um teto e alimentação, é preciso garantir toda a segurança para os animais durante, e após, a pandemia.

E vale lembrar que gatos e cachorros são como crianças, ou seja, sem noção dos perigos por trás de alguns objetos e situações.

Pets adoram brincar e roer tudo que encontram pela frente, por isso, evite deixar itens perigosos ao seu alcance, e o cuidado deve ser redobrado com filhotes, que podem ingerir e até mesmo se sufocar.

Por isso, resolvemos listar aqui algumas dicas super importantes que fazem a diferença quando o assunto é garantir mais segurança aos pets, confira!

Atenção a piscina

Nem todos os cachorros conseguem nadar, até porque o biotipo de alguns animais nem permite, principalmente, os de focinho achatados ou os salsichinhas. Por isso, jamais deixe seu cão sozinho perto de piscina.

Cuidado com tomadas e eletricidade

Muito cuidado com tomadas abertas que deixam fiações expostas, pois animais como gatos e cachorros costumam querem brincar e roer tudo que encontram pela frente.

Por isso, feche as tomadas para evitar choques elétricos, que podem ser fatais, dependendo da intensidade de carga elétrica e do tamanho do animalzinho.

Muita atenção à garagem

Gatos e cachorros adoram deitar embaixo de carros e a garagem acaba sendo bem convidativa.

Todo o cuidado é pouco com portões, já que seu animal pode querer ir atrás de você sempre que sair de casa e atenção redobrada ao estacionar para não atropelar seu pequeno. 

Invista em telas nas janelas

Embora os gatos adorem dar suas fugidas, essas escapadas pode valer um atropelamento, que é muito comum, ou mesmo, acabar em envenenamento.

Por isso, as telas são fundamentais para a segurança de forma geral, não apenas dos pets.   Inclusive para crianças por exemplo.

Cozinha e seus perigos

A cozinha é a parte da casa que mais se deve ter atenção.  São muitos os perigos apresentados. Fogões com chamas, fornos, facas. Por isso, todo o cuidado é pouco quando estiver cozinhando.

Também vale dar uma atenção a mais para possíveis vazamentos de gás de cozinha, muitas vezes não percebidos pelos donos que só acabam descobrindo ao encontrarem seus animais sufocados, já tarde demais.

O Jardim e suas plantas tóxicas

Todo o animal adora um verdinho, mas os gatos são os mais propensos a se intoxicar com plantas, já que amam mastigá-las.

Por isso, toda atenção é pouca com as plantas, já que muitas podem ser venenosas para eles, as mais comuns são: comigo ninguém pode, arruda, azaléia, hortênsia, jasmim manga e etc.

Sacolas plásticas

Os animais adoram inspecionar sacolas de mercado em busca de seu petisco favorito.  Porém, as sacolas de mercado são muito perigosas.

Os pets, principalmente gatos, gostam de brincar com sacolas e podem acabar dormindo dentro de uma delas e acabarem por se sufocar.

Além de rasgar e comer pedaçøs de plástico o que faz muito mal ao seu pet.

E é isso, ter animais de estimação em casa é muito bom, é ter um companheiro para todas as horas, mas, assim como ter crianças, eles exigem amor e, também, cuidados.

Categorias:Dica do dia

Deixe uma resposta