Empreendedorismo digital

Como incentivar consumidores a compartilhar feedbacks sociais sobre sua marca?

Na era da recomendação, obter feedback positivo dos seus consumidores é primordial para manter-se em destaque e em vantagem competitiva. Porém, esse processo não acontece de uma hora para outra e precisa de estimulação.

Muitas marcas percam ao não elaborar um processo em que o cliente tenha participação ativa para enviar feedbacks, elogiar campanhas ou criticar algum procedimento interno.

Seja com pesquisas frequentes por e-mail ou em visita física ao estabelecimento, é necessário deixar claro em todo o contato com o cliente que ele pode sim enviar sugestões e suas reclamações para o seu time de qualidade e que, após avaliadas, elas serão respondidas e também incorporadas para aperfeiçoar os produtos e serviços oferecidos.

Mas como conseguir isso? Como romper essa barreira entre marca e clientes?

Paciência, humildade e comunicação são os requisitos essenciais para iniciar esse relacionamento de duas vias com o cliente.

Como pedir feedbacks aos clientes?

Na prática, todo consumidor quer opinar, sugerir alguma mudança ou mesmo reclamar sobre a qualidade de um produto ou serviço. Porém, muitas marcas erguem um muro para vetar essa comunicação.

Nos últimos anos, o avanço da tecnologia deu voz aos consumidores por meio de seus perfis sociais, sites de reclamação e até fóruns segmentados.

Paralelo a isso, as marcas usam os mesmos canais para promover seus produtos, pedem reviews a blogueiros e pecam na construção de uma imagem sólida e fria.

Se você tem uma marca nova ou mesmo já consolidada e quer encorajar os clientes a participar ativamente das suas campanhas, três requisitos são essenciais para isso:

  • Paciência;
  • Humildade;
  • Comunicação.

Vou explicar cada um destes itens com mais detalhes a seguir. Boa leitura!

Tenha paciência

Alguns consumidores sentem-se desencorajados de comentar e argumentar pela forma que muitas marcas ignoram seus relatos. Mais ainda, uma reclamação pode ser feita pela falha no uso de determinado equipamento e, dependendo do depoimento, o usuário pode ser bombardeado na internet por outros consumidores.

É preciso ter em mente que o processo para encorajá-los e tornar essa relação saudável é lento e exigirá um acompanhamento constante, estimular com emojis, curtir e comentar nas interações que eles fizerem.

O uso de enquetes e memes também é recomendado, já que são linguagens que os consumidores já usam diariamente.

Porém, não desanime se a participação for baixa inicialmente. A paciência será a sua maior virtude para colher bons feedbacks dos clientes.

Humildade e empatia

Quantas vezes você já teve problema com manuais cheios de termos técnicos e elaborados por equipes que não lidam com o atendimento ao público? Esse é um problema muito frequente e será muito difícil que a sua empresa não tenha a mesma falha.

É necessário compreender que a linguagem usada nos comunicados pode não de fácil compreensão para a maioria dos clientes e será necessário traduzir com imagens ou até vídeos.

Estimule os clientes a enviar dúvidas sobre o funcionamento de seus produtos ou serviços e use essas questões para melhorar a forma de apresentá-los.

Se o seu serviço é vendido online, ferramentas de heatmap permitem cruzar esses feedbacks com a experiência na tela para melhorar os processos.

Coloque no lugar do cliente. Ele não entende termos técnicos, ele não é obrigado a seguir uma única jornada. Faça isso e você vai se diferenciar da concorrência.

Tenha uma comunicação personalizada

É um dever de todo profissional de comunicação fazer com que a informação seja compreendida pelo receptor. Isso quer dizer que se a sua empresa tem um processo para estimular o feedback e isso não estiver acontecendo, uma das falhas pode ser na forma como orienta isso aos clientes.

O ideal é que o modelo de orientação seja testado em clientes ativos, nos esporádicos e também naquelas pessoas que fazem parte do público-alvo da marca.

Essa linguagem pode ser adaptada para uma comunicação mais pessoal em campanhas com blogueiras, pode também ter uma linguagem mais humana por e-mail marketing e redes sociais.

Além disso, teste com seus funcionários de outros departamentos se as orientações transmitidas são claras e se os processos para participação são simples.

Consequentemente, ao receber os feedbacks, é necessário ter um processo de tratamento destas informações e levar um retorno aos clientes.

Eles vão se sentir representados e estimulados a colaborar frequentemente.

Use essas dicas na sua empresa e verá a participação mais ativa do público acontecer. Aqui no blog Crescendo aos Poucos fazemos diversas campanhas com o intuito de levar ao público final as ações feitas por várias companhias. Quer conhecer mais sobre nossas propostas, clique aqui.


Se você amiga blogueira tem dificuldade na escolha de temas, elaboração de conteúdo e posicionar seu blog para ter visitas e ser monetizada pelo seu trabalho, eu tenho uma solução bem eficiente. Acesse agora nossa página de consultoria e conheça nossa proposta.

Deixe uma resposta