Beleza

Clareamento dental: conheça as melhores opções

O clareamento dental é um procedimento da ortodontia estética que visa tratar dentes amarelados ou manchados, trazendo a cor branca de volta para a dentição. 

O efeito clareador ocorre por conta dos géis a base de peróxido de hidrogênio que quebram as moléculas pigmentadas, desassociando-as em moléculas menores, o que deixa o sorriso mais claro. 

Existem dois tipos considerados mais tradicionais para realizar o procedimento: um feito a laser e o outro por meio do uso de uma moldeira. 

O primeiro é feito dentro do consultório e o próprio dentista aciona o efeito clareador por meio de um laser,recuperando o tom entre três a sete vezes. 

De modo geral, esse modelo do procedimento tem cerca de uma hora de duração, promovendo a recuperação da estrutura manchada e ou amarelada.

Já a segunda forma é feita pelo próprio paciente (sob supervisão profissional) por meio de uma moldeira impressa em uma Impressora 3D, que deve ser  durante alguns dias, em períodos que variam de meia hora à 4 horas.

Apesar de haver diversas formas de tratamento bastante eficientes, é importante ressaltar, primeiramente, que a saúde e funcionalidade dos dentes está em primeiro lugar na ordem de prioridade. 

Portanto, se um paciente chega no consultório pedindo para fazer um clareamento dental, o dentista irá avaliar se a saúde bucal está em dia antes de dar início ao tratamento.

Desse modo, caso falte algum dente ou haja alguma parte da arcada dentária comprometida, por exemplo, procedimentos de extração dentária, limpeza e implante dentário terão de ser feitos antes do próprio clareamento dental. 

Benefícios do tratamento

O clareamento é um dos avanços mais modernos e famosos dentro do ramo da odontologia estética.

Sua praticidade e eficiência são tão avançadas que esse procedimento conquistou grande parte da população, inclusive pessoas famosas, como cantores, esportistas e atores.

Além disso, o clareamento dental atua na obtenção de um dos desejos mais comuns: a dentição mais branca e brilhante. Isso se relaciona tanto ao sentido de beleza quanto ao de limpeza, se mostrando ainda mais vantajoso para a manutenção da saúde mental.

Isso porque o sorriso é a principal porta de entrada para se iniciar uma relação ou uma conversa, o que tem grande influência no trabalho, na escola ou até mesmo na faculdade.

Do mesmo modo, a dentição é fundamental para outros aspectos do funcionamento corporal, como fala, respiração e alimentação, o que também afeta a autopercepção.

Portanto, cuidar da coloração dos dentes não se trata apenas de uma vaidade, mas uma evolução de postura perante as relações pessoas e melhora da autoconfiança. 

Além disso, dentes brancos e saudáveis podem influenciar positivamente na autoestima de uma pessoa, dando benefícios, também, à saúde emocional.

Cuidados

Se engana quem pensa que para ter um sorriso branco e saudável é necessário apenas recorrer ao procedimento estético. 

Na verdade, existem diversos cuidados que devem ser feitos para garantir dentes bonitos, que envolvem alimentação e cuidados diários com a higiene e saúde bucal.

Com a alimentação, é preciso excluir, ou pelo menos reduzir, o consumo de alimentos açucarados, pois o açúcar alimenta as bactérias, corroendo o esmalte.

Isso pode causar não só doenças bucais, como a cárie, como também deixa a dentição vulnerável a ter uma alteração na coloração, interferindo na estética e propiciando inflamações.

Existem, também, os alimentos com alto teor de pigmentação, que podem escurecer ou manchar os dentes e, portanto, devem ser evitados para preservar a estrutura e até mesmo o clareamento. São eles:

  • Beterraba;
  • Suco de uva;
  • Refrigerantes;
  • Vinho;
  • Café.

Os alimentos recomendados para manter os dentes brancos e saudáveis são os ricos em cálcio (como leite e seus derivados) e fibras. Isso porque, enquanto a primeira classe fortalece o esmalte e protege o dente, o segundo age de modo a fazer uma limpeza natural dos resíduos alimentares presos na dentição. 

Além disso, um dos principais meios para manter os dentes brancos e saudáveis é a higienização. 

Para isso, é preciso que se escove os dentes ao final de cada refeição e que se passe o fio dental todos os dias, além de bochechar o enxaguante bucal para remover todos os resíduos e bactérias presentes na cavidade.

Isso vale, principalmente, para quem utiliza aparelho dentário, pois, devido a sua estrutura,  há maior facilidade dos resíduos alimentares ficarem presos na arcada dentária. 

A atenção com a higienização bucal é fundamental para todos, mas principalmente para quem utiliza procedimentos ortodônticos para arrumar a posição dos dentes, mesmo aqueles que podem ser retirados para a alimentação e limpeza bucal, como o aparelho móvel, pois ele está em contato direto e recorrente tanto com a arcada quanto com o espaço externo.

Inclusive, após o uso da estrutura, é comum que se realize a limpeza e o clareamento, principalmente após uso da estrutura fixa, visto que manchas são favorecidas nos espaços com a cola e me volta do braquete, alterando a coloração dos espaços que estavam em contato com o tratamento daqueles que não estavam.

Assim, de modo a conquistar um sorriso ainda mais bonito, considerado perfeito, é comum que os pacientes finalizem o tratamento ortodôntico com o clareamento dental.

Considerações finais

Ao seguir todas as recomendações de manutenção de uma boa saúde bucal, como higienização e alimentação, é possível promover mais saúde e até a manutenção da cor das estruturas.

Do mesmo modo, com os devidos processos de higienização, o clareamento dental pode durar até dois anos com qualidade, tempo estimado do procedimento.

Por fim, independentemente da realização do procedimento, é preciso ressaltar que é fundamental realizar as visitas de rotina com o odontologista a cada seis meses, de modo que o profissional realize a limpeza profunda e faça a aplicação do flúor para mais qualidade da dentição.

Já durante a realização de tratamentos, o tempo entre as consultas pode ser reduzido, visando acompanhar o procedimento adequadamente e garantir a qualidade dos resultados e da saúde do paciente.

Além disso, cabe ressaltar que também há outras formas de clarear os dentes, inclusive com outros procedimentos,  por esse motivo o ideal é verificar com o profissional o mais indicado para cada quadro e para suprir os desejos almejados pelos pacientes.

Exemplo disso é a colocação da lente de contato dental, que também trabalha a estrutura dos dentes, permitindo que tanto a coloração quanto o alinhamento sejam melhorados.

Inclusive, o clareamento e a lente podem ser procedimentos trabalhados em conjunto, principalmente quando a película é colocada para correção de um dente que sofre com alguma quebra.

Nesse caso, o clareamento pode ser feito para que a dentição e a película alcancem um tom mais atrativo e harmônico para o paciente, bem como para não haver diferença entre a peça e os dentes.

Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações, dicas e conteúdos ricos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Categorias:Beleza, Saúde

Deixe uma resposta