Comportamento · Textos Aleatórios

Não sei para onde vou

não-sei-para-onde-vou

Nunca sabemos para onde vamos, a vida as vezes parece tão doida, mesmo tendo certeza do que queremos, isso as vezes é uma grande dúvida. Trabalhar ou entrar na faculdade, viajar ou fazer uma festa de quinze anos, estudar moda ou medicina, casar ou comprar uma bicicleta. Tudo sempre parece uma dúvida na vida da gente, parece que nada nunca parece ser o certo, nunca sabemos se dará certo, se seremos felizes com nossa escolha e sempre fica aquela coisa na cabeça “não sei para onde vou”.

Para algumas pessoas parece mais fácil, tem gente que já nasce com o destino traçado, mas isso é só o que parece, a gente nunca sabe o que o outro está sentindo, a grama do vizinho é sempre mais verde.

Eu sou libriana e sempre levo fama de indecisa, mas nem sempre eu fui indecisa, se há alguns anos atrás me perguntassem se eu queria comer pizza ou lasanha com certeza a resposta seria pizza, hoje em dia se me fizerem essa pergunta a escolha será difícil, não porque é um pergunta complicada, mas porque hoje em dia eu não penso apenas em mim, sei que escolha afetam outras pessoas. Por mais que eu goste de pizza eu não vou comer sozinha e as outras pessoas o que elas preferem? Vale a pena eu forçar todos a comer pizza porque é minha comida favorita? Eu também gosto de lasanha então não vejo mau em escolher a lasanha sendo que a maioria prefere.

A vida é assim a gente mesmo sabendo para onde ir, nunca sabe para onde vai. Já pensou em se mudar de país? Mas será que valeria a pena deixar tudo para trás? Já pensou em montar uma banda, quando na verdade os seus pais querem que seja advogado. Já pensou que você passou a vida inteira desejando ser uma coisa e quando conseguiu não ficou totalmente feliz? Por que será que a gente continua se sentindo incompleto e sem saber para onde ir?

Eu crio metas e muitas delas eu alcanço, mas as vezes percebo que algumas metas já não fazem mais sentido, percebo que as vezes eu já não quero mais aquilo, a vida é isso a gente sabe para onde ir, mas nunca sabe se quer ir.

Anúncios
Comportamento

Gratidão pelas coisas boas que estão acontecendo na minha vida

meme-gratidão

Oi amores, vocês sabem que todo post aqui é escrito com o coração né, e geralmente eu procuro fatos reais, mesmo que não tenha passado por isso eu sei que pessoas próximas passaram e que muitas outras pessoas passam. Quando eu escrevo eu procuro me entregar e acho que isso tem tudo haver com o sucesso do meu blog, quanto mais eu me aproximo de vocês, quanto mais eu uso da sinceridade, mais sucesso o blog faz. Ele vem crescendo e se desenvolvendo e eu estou extremamente feliz por isso e claro muito grata, a Deus e a todos vocês que tiram um tempinho para dar uma espiada no meu conteúdo.

Gente semana passada parecia que tudo estava dando errado, e eu já estava a ponto de enlouquecer. Mas meninas eu escrevi um post aqui e isso limpou a minha mente, porque sei que posso inspirar vocês a pensarem sempre no melhor das coisas, pode apostar que a vida sempre nos reserva coisas boas, basta acreditar.

Essa semana muitas coisas boas vem acontecendo, não vou detalhar aqui, mas fiquem sabendo que em breve teremos novidades por aqui. Eu fico feliz com cada coisinha gente, eu sou dessas que se me der um brigadeiro já estou com sorriso de ponta a ponta. Imagine quando coisas muito maiores acontecem, eu fico mais boba ainda, e eu sinto que tudo está caminhando de um jeito certo. E vejo coisas acontecendo para que tudo aconteça da melhor forma possível.

Não crio mais expectativas até porque a vida é uma surpresa, mas é notório quando as coisas vão bem e eu sou grata a todos que fazem com que isso se torne possível. As visualizações do blog só tem aumentado e devo isso a vocês, a interação aqui aumentou bastante e isso só resulta para que coisas maiores aconteçam. Coisas boas estão acontecendo em todos os campos da minha vida, isso me deixa extremamente feliz.

Confie, a vida pode ser uma caixinha de surpresas, mas com fé só sairá coisas boas de dentro dela. 

estilo de vida

Bloqueio de inspiração, você já passou por isso?

Oi gente tudo bem? Esse post serve para muita gente, mas aposto que muitas blogueiras vão se identificar. Vocês já tiveram um bloqueio? Sim, estou falando sobre inspiração, as vezes parece que ocorre um bloqueio na nossa mente e a gente não consegue ser produtivo em nada que faz, isso acontecia muito no inicio do blog, tinha dias que eu não tinha noção sobre o que escrever aqui no blog. Ficava pensando no que postar, abria a página de post e não conseguia digitar nada, não tinha nenhuma ideia.

bloqueio-produtividade

A mesma coisa acontece com o meu canal no youtube, eu sempre fico bloqueada e não sei sobre o que gravar, detesto não ter conteúdo e detesto ter esse tipo de bloqueio, mas isso não acontece por muito tempo, geralmente passa com alguns dia. A falta de criatividade acontece muito, isso é perfeitamente normal.

Já percebi que esses tipos de bloqueios acontecem em vários campos da minha vida, não só no blog e no youtube, mas também ocorre nos estudos, já aconteceu no trabalho e em toda coisa que pode ser produtiva na vida. Mas percebi também que isso ocorre quando estou triste, estressada, ansiosa, preocupada e principalmente quando estou com preguiça.

Sempre que tenho esses bloqueios de inspiração ou de produtividade eu procuro adotar alguns hábitos que pode fazer com que eu me torne mais produtiva, assim a inspiração vai voltando.

Hábitos para curar bloqueio de inspiração na vida: 

  • Acordar cedo – Você pode me dizer que é uma pessoa noturna, mas quando você acorda cedo tem mais tempo para pensar e exercitar a mente. Logo terá mais tempo para fazer mais coisas, assim terá mais ideias durante o dia.
  • Comer nos horários certos e saudável – Comer no horário certo te permite mais energia e consumir alimentos saudáveis é muito bom para mente.
  • Praticar exercícios – “Corpo sã, mente sã”. 
  • Ouça músicas, ouvir música é um das melhores coisas e pode mudar seu humor.

habitos para desbloquear a mente

Se o seu bloqueio de inspiração é no blog ou canal, você pode fazer algumas coisas que te ajudarão a solucionar esses bloqueio: 

  • Leia outros blogs – mas cuidado para não plagiar a ideia de outras blogueiras, bastar ler outros blogs para desbloquear a sua mente;
  • Assista vídeos;
  • Leia livros e revistas;
  • Saia para ver o mundo, muitas vezes ar fresco, ver pessoas e coisas são uma ótima fonte de inspiração.
  • Releia seus posts antigos, quem sabe lendo posts antigos você pode pensar em coisas que não postou, mas que seria uma ótima ideia postar agora.

mente-bloqueio

Gente não adianta tentar forçar a escrever, a estudar, a trabalhar, quando se está bloqueado, se você não consegue para, não adianta escrever um post ruim, ou entregar algo ruim, para e começa depois com mais calma. Não force sua mente para nada, até porque muitas vezes o bloqueio ocorre por conta de sentimentos como falei lá em cima ou então é apenas exaustão. Sua mente não será 100% o tempo todo, você nem sempre estará inspirado, mas você precisa entender que isso é de momento e que vai passar.

APRENDA A SER MAIS PRODUTIVO

Comportamento

Dar par viver sem celular?

Lá vem eu com mais uns de meus dramas diários, HAHAHA lembrando que não vim aqui reclamar de nada, mas é que sempre trago alguns fatos da minha vida. Se fosse em outros tempos estaria pirando, achando que minha vida acabou. Mas desde que parei de reclamar minha vida mudou.

dsc09838

Essa semana o meu celular iphone 4s da Apple (antiguinho eu sei, mas é o que posso ter no momento) queimou a tela. HAHAHA gente não estou rindo do fato tão trágico, estou rindo pelo simples fato de não está estressada com isso. Claro que estou preocupada pois celular para mim é algo muito importante, manter os contatos, falar no whatsapp, manter redes sociais atualizadas e claro receber ligações importantes.

Porém esses poucos dias percebi que ele é sim muito importante, porém sem um celular na mão 24 horas eu tiro tempo para fazer coisas que eu já não ligava mais. Eu passava tanto tempo no celular que deixava muita coisa de lado. Claro que tem horas que eu fico procurando esse aparelhinho que já é tão indispensável para nós. Mas na situação que estamos passando atualmente no Brasil, isso nem é tão indispensável assim, visto que está faltando comida nos supermercados, gasolina e outros itens que causam muito mais necessidades.

Eu quero trocar a tela, mas com a greve dos caminhoneiros pedir uma tela pela internet vai demorar muito, então vou esperar. Trocar por aqui custaria o dobro então é o jeito, até pensei em comprar outros, mas já tenho outras despesas e gastos  esse mês, portanto o jeito é esperar.

Gente não dar para viver sem celular no mundo moderno, mas não é o fim do mundo, pretendo depois que estiver com meu celular novamente não usa-lo tanto, estava parecendo um zumbi presa a tecnologia.

Um beijo e me contem o que vocês acham de ficar sem celular, antes eu me sentia pelada sem ela, mas depois de 3 dias de desintoxicação forçada.

Comportamento

Você pode mudar sua vida, apenas parando de reclamar

pare de reclamar

Você conhece alguém que não reclama de nada? Não. Bom não reclamar de nada pode ser um tanto radical demais né? Até porque a vida de ninguém é perfeito. Mas você sabia que pode mudar a sua vida parando de reclamar? Não estou falando que você não pode reclamar de nada, mas tem gente que torna a reclamação um habito de vida e isso acaba atraindo mais coisas ainda para que ela possa reclamar ainda mais. É isso que você quer para sua vida? Acho que não.

Eu costumava reclamar de tudo, claro que ainda reclamo as vezes, mas hoje em dia eu paro e penso porque estou reclamando disso, isso é ruim o suficiente para eu reclamar? Será que não posso tirar proveito dessa situação de alguma forma? Reclamar vai ajudar? Então eu respiro e penso “nada acontece por acaso”.

Sabe, as vezes Deus coloca provações em sua vida para provar a sua fé, e quando você reclama significa que você não tem fé, nenhuma. Ultimamente coisas ruins aconteceram na minha vida, mas eu apenas rezei e pedi a Deus soluções, pedi ajuda para aguentar tudo que estou passando e agradeço pelas pequenas coisas boas que acontecem, pois sei que com fé elas podem se tornar em coisas grandiosas.

Não sou religiosa, nem vou a igreja com frequência, mas não precisa ir a igreja para demonstrar fé, não é preciso ir a igreja todos os dias para crer em algo tão poderoso e grandioso. Essa semana me vi um pouco aflita por várias situações que ocorreram, mas eu pedi força a Deus, pedi que me desse uma fé e ele deu. Não me deu nada de mão beijada, mas me mostrou formas de solucionar meus problemas e isso acabou com a aflição.

Pensei em reclamar e dramatizar o quanto a vida era ruim, mas eu pensei e a minha vida não é ruim e reclamar não ia resolver nada, pelo contrário só ia alimentar sentimentos ruins. Antes de reclamar conte de 1 até 3 e respire fundo, depois converse com Deus, tenho certeza que não vai sentir vontade de reclamar e sim de agradecer.

English post: 

Do you know someone who does not complain about anything? No. Well, not to complain about anything can be a bit too radical right? Even because nobody’s life is perfect. But did you know you can change your life by quitting? I’m not saying that you can not complain about anything, but there are people who make the claim a living habit and this ends up attracting more things so that she can complain even more. Is that what you want for your life? I think not.

I used to complain about everything, of course I still complain at times, but nowadays I stop and think because I’m complaining about it, is it bad enough for me to complain? Can not I take advantage of this situation in any way? Complaining will help? So I breathe and think “nothing happens by chance”.

You know, sometimes God puts trials in your life to prove your faith, and when you complain you mean you have no faith at all. Lately bad things have happened in my life, but I just prayed and asked God for solutions, I asked for help to put up with everything I’m going through and I thank for the good little things that happen, because I know that in faith they can become great things.

I’m not religious, I do not go to church often, but you do not have to go to church to show your faith, you do not have to go to church every day to believe in something so powerful and great. This week I was a little distressed by various situations that occurred, but I asked God for strength, I asked him to give me a faith and he gave it. He did not give me anything kissed, but he showed me ways to solve my problems and that ended the affliction.

I thought about complaining and dramatizing how bad life was, but I thought and my life is not bad and complaining would not solve anything, instead it would only feed bad feelings. Before you claim a count of 1 to 3 and take a deep breath, then talk to God, I’m sure you will not feel like complaining but rather thanking.

estilo de vida · Uncategorized

101 coisas em 1001 dias

101 coisas em 1001 dias

Fazia tempo que eu queria participar do projeto 101 coisas em 1001 dias, o projeto consiste em fazer uma lista com 101 coisas que você deseja realizar na sua vida, metas, sonhos, coisas que você tem vontade de fazer, aprender, comprar. Então hoje eu resolvi que está na hora de começar esse projeto e começara realizar essas coisas. Acho que já temos intimidade o suficiente para isso né?

Inicio: 11/05/2018

Final: 05/02/2021

  1. Guardar dinheiro para realizar minhas metas.
  2. Terminar a faculdade de Administração. COLEI GRAU E FOI LINDO
  3. Fazer uma festa de formatura. #formei
  4. Trabalhar com o que eu gosto.
  5.  Ser minha própria Chefe.
  6. Ir a uma nutricionista.
  7. Começar a fazer exercícios físicos. Agora eu faça caminhadas e corro pelas menos 1 hora de relógio quase todas as tardes. 
  8. Ter a minha casa.
  9. Conhecer Portugal.
  10. Conhecer a Disney.
  11. Viajar com a minha mãe.
  12. Viajar com o namorado.
  13. Viajar com a minha vó.
  14. Aprender a dirigir. (estou aprendendo)
  15. Tirar carteira de habilitação.
  16. Ficar noiva.
  17. Entrar no curso de inglês.
  18. Entrar no curso de  Espanhol.
  19. Fazer uma pós graduação. (ano que vem começo)
  20. Experimentar comida japonesa.
  21. Ser mais paciente.
  22. Ter mais tempo livre para ficar com as pessoas que eu amo.
  23. Postar look do dia no blog.
  24. Ter um salário de acordo com minha dedicação e esforço.
  25. Ler pelo menos um livro por mês.
  26. comprar uma câmera nova.
  27. Comprar um Iphone novo.
  28. Comprar roupas novas.
  29. Comprar roupas de academia.
  30. Comprar um carro.
  31. Alcançar 1 milhão de inscritos no canal do youtube.
  32. Fazer uma sessão de fotos profissional. (fiz um ensaio fotográfico para formatura, acho que já conta).
  33. Ir a uma festa a fantasia.
  34. Reformar o meu quarto. (em breve)
  35. Pintar o cabelo.
  36. Ser mais organizada e produtiva.
  37. Fazer um curso de auto-maquiagem.
  38. Dormir mais cedo.
  39. Testar novas receitas.
  40. Sair mais de casa (festas, baladas)
  41. Ir mais ao cinema.
  42. Doar presentes no Natal para comunidades carentes.
  43. Escrever um livro.
  44. Compra um MacBook.
  45. Fazer um tratamento estético para estrias.
  46. Fazer clareamento dentário.
  47. Usar lentes de contato.
  48. Comprar um tripé para minha câmera.
  49. Comprar patins e aprender a andar com eles.
  50. Comprar uma bicicleta (sinto muita falta de andar de bike).
  51. Acreditar mais em mim.
  52. Fazer pilates.
  53. Aprender a nadar.
  54. Ser independente financeiramente.
  55. Parar de reclamar da vida.
  56. Postar pelo menos uma foto por dia no Instagram.
  57. Viajar de avião pela primeira vez.
  58. Conhecer São Paulo.
  59. Conhecer a Dila Kotinski.
  60. Conhecer meus amigos Virtuais (Janaria, Igor, Ágata)
  61. Ter uma coleção de canecas.
  62. Ir em outro Show da Anitta.
  63. Tirar uma foto com a Anitta.
  64. Voltar a fazer aulas de dança.
  65. Fazer novos amigos.
  66. Postar mais resenhas de produtos no blog. Estou postando uma por semana 
  67. Ser embaixadora de uma marca que admiro.
  68. Assistir todas as séries que eu parei por falta de tempo (Once Upon a time, The O.C, The 100). Estou colocando as série em dias. 
  69. Gravar um vídeo de recebidos acumulados.
  70. Organizar contas e documentos.
  71. Organizar todos os meus gastos diários.
  72. Usar aparelho ortodôntico invisível.
  73. Cuidar da minha saúde (fazer todos os exames de rotina).
  74. Ficar menos tempo no celular.
  75. Tomar pelo menos 2 litros de água por dia.
  76. Comprar iluminação para fotos e vídeos.
  77. Comprar um kit de maquiagem completo.
  78. Comer no Bistrô Paris 6 em salvador.
  79. Fazer uma viagem de carro para algum lugar aqui perto.
  80. Fazer trilha novamente.
  81. Formar uma equipe do blog. (somos duas por enquanto)
  82. Realizar um sonho da minha mãe.
  83. Organizar minha vida em um planner.
  84. Conhecer novos blogs.
  85. Ter mais de 100 livros.
  86. Ir novamente em um parque aquático.
  87. Perder o medo de falar em público.
  88. Cuidar mais do meu cabelo.
  89. Ir a um evento como blogueira.
  90. Sair mais com minhas amigas.
  91. Não procrastinar por um mês.
  92. Gravar mais vídeos.
  93. Postar no blog todos os dias durante um mês.
  94. Ir num festival de música.
  95. Fazer terapia
  96. Fazer um checkup anual
  97. Gravar vídeos todos os dias por um mês.
  98. Fazer um day spa.
  99. Começar um projeto Rapunzel.
  100. Agradecer por todas as conquistas.
  101. Completar essa lista com sucesso.
Comportamento

O que eu aprendi voltando para casa?

O melhor lugar do mundo é aquele que sempre podemos voltar.

Vocês sabem que eu voltei para casa né? Para quem não sabe há mais ou menos quase 4 anos eu fui estudar em uma Universidade que ficava em uma cidade vizinha da minha cidade (uns 45 minutos de distância). Algumas pessoas podem achar que é maluquice mudar de cidade sendo tão perto, parece perto, mas quando isso é feito durante toda a noite durante 4 anos pode ser bem cansativo. Então eu fui morar sozinha, vou contar tudo desde o inicio.

Tudo começou quando eu passei no vestibular e comecei a faculdade em março de 2014, eu não imaginaria que minha vida poderia mudar tanto. O primeiro semestre eu fazia o percurso de ir e voltar todos os dias de ônibus ( o que totaliza 1h:30m na estrada). Só que eu sempre passei mal em ônibus (fico tonta, sinto enjôo e as vezes até vomito). Aguentei o primeiro semestre, chegava atrasada, dormia a manhã inteira pois já chegava tarde em casa, estudava a tarde e ia para faculdade a noite, o que para muitas pessoas pode ser normal, para mim era um pesadelo.

Então no inicio do segundo semestre eu decidi que tinha que morar nessa cidade e me livrar do martírio de ter que andar de ônibus todos os dias e perder o inicio das aulas mais importantes. Graças a uma colega da faculdade encontrei uma vaga em uma casa e iria dividir com outra menina, no final não deu certo e lá estava eu desesperada em fevereiro procurando kitnet para alugar, estava na hora de morar sozinha.

Morando sozinha…

Enfim consegui uma kitnet bem pertinho da faculdade, um pouco cara (o que fez com que eu arrumasse um estágio para que pudesse ajudar a minha mãe a me manter lá). Foi uma experiência maravilhosa e eu me tornei mais independente do que já era. Lá era sossegada, tive vizinhos legais (com quem eu inclusive dividia a internet), morar sozinha era maravilhoso, mas eu me sentia muito sozinha e acaba sempre vindo finais de semana para casa. Mas eu fiquei lá por um tempo, sair de um estágio, entrei em outro e por aí foi.

Voltando para casa…

Nunca imaginei que eu voltaria para casa, sério. Eu sempre achei que ia me formar, arrumar um bom emprego, comprar um casa (na minha cidade ou em outra), mas a vida é cheia de surpresas, eu estava muito estressada e solitária, para acabar de completar ia começar o TCC no último semestre e eu não aguentava mais ficar no estágio, por mais que a minha mãe falasse que daria para eu continuar morando lá que ela daria um jeito nas contas, eu não teria e não conseguiria conciliar o tcc com o fato de morar sozinha, sinceramente cuidar de casa, fazer comida e escrever um TCC seria a causa de mais um problema de saúde, o qual eu já passei e pretendo não passar mais (gastrite nervosa).

Então eu conversei muito com minha mãe e vim embora, voltei para casa, nada aconteceu como o esperado.

voltei para casa

O que eu aprendi voltando para casa: 

  • Que a vida nem sempre é como a gente acha que vai ser;
  • Que é bom ter uma casa para voltar;
  • Que a comida da nossa mãe, será sempre a mais gostosa;
  • Que sua mãe arruma seu quarto e você nunca vai achar nada, mas pelo menos vai sempre estar limpo e arrumando.
  • Que você sempre vai precisar do colo de mãe e é algo maravilhoso;
  • Que quando você precisa de silêncio a casa está cheia;
  • Que é melhor ter amor do que privacidade;
  • Que um dia você também vai querer que seus filhos voltem para casa;
  • Que eu quero muito ter a minha casa.

Então meus amores espero que tenham entendido um pouquinho desse processo, não vejo a hora de me formar, para vlogar tudo para vocês e claro escrever aqui né.

estilo de vida

Comece a se organizar agora

comece-a-se-organizar-agora

Comece a se organizar agora, por mais difícil e estressante que pareça. A organização pode mudar a sua vida e fazer de você uma pessoa melhor.

Eu sempre fui muito organizada, mas de um tempo para cá não estava conseguindo organizar meu tempo. Tudo começou a virar uma bagunça, eu não parava em casa, não postava no blog, não estudava direito (eu até tentava, mas não conseguia me organizar, desse jeito comecei a ficar maluca e muito estressada.

meme-pensativo

Fiquei pensando no que estava fazendo errado, pensando no de não conseguir ter tempo para nada, de não conseguir fazer nada, assim eu realmente resolvi tomar uma atitude.

Sentei e decidi que ia me organizar, estabeleci prioridades. Eu tenho muitas coisas na minha vida: família, namorada, faculdade, blog, canal no youtube, lojinha e tudo mais, ou seja, além do trabalho ainda tenho vida pessoal. Para acabar de completar eu não estou me sentindo bem com meu corpo, sempre fui magrinha, mas de um tempo para cá surgiram uma gordurinhas e uns quilinhos na balança.

Muitos motivos para ocupar uma mente só, então assistindo um vídeo da Gabi Ferreira sobre organização eu decidi estabelecer 3 prioridades assim como ela. No meu caso minhas prioridades são: Estudos, blog e perder esses quilinhos (assim que eu perder esses quilinhos vou estabelecer outras prioridades).

Porém não basta estabelecer prioridades, essas prioridades necessitam de alguns fatores por exemplo:

estudos-estudando

Estudos: tenho 4 disciplinas +  TCC (que ocupa maior parte do meu tempo) sendo assim preciso de mais tempo para estudar, dormir uma quantidade de sono razoável, me alimentar bem para não ficar doente. Sem falar no foco e dedicação que no último semestre tem que ser dobrada.

blog-computador

Blog: Preciso de tempo para criar posts e postar, então eu tiro alguns dias da semana separo algumas horas e crio esses posts e vou agendado, no decorrer da postagem vou divulgando nas redes sociais.

emagrecimento-emagrecer-rapido

Perder quilinhos (emagrecer): é uma prioridade temporária pois são poucos quilos, mas é algo que eu preciso fazer para me sentir eu mesma, para isso eu preciso me alimentar corretamente e também beber muita água pois sofro com retenção de liquido. Também preciso praticar um exercício pois sou muito sedentária, então eu resolvi em casa mesmo começar a dançar junto com esses vídeos de dança do youtube.

Lembrando que estabelecer prioridade não significa que eu tenho que esquecer todo o resto, pelo contrário. O fato de eu estudar mais tempo, me permite ficar mais tempo em casa e minha mãe sempre está em casa então sempre tiro um intervalinho para conversar ou assistir tv com ela.

Sempre estou na companhia do namorado e a gente sempre marca de sair junto independente do dia da semana, sempre separo um tempinho para ficar com ele, inclusive ele está me ensinando a dirigir então vamos passar muito mais tempo juntos.

Sempre procuro assistir um filme, gravar vídeo, ler um livro, sempre claro seguindo minha rotina e não esquecendo do que é prioridade para mim no momento. Eu decidi começar a me organizar agora, porque é necessário.

Desde que comecei com a organização estou me sentindo mais leve e confiante, preciso dessa leveza para escrever meu TCC.

Obs: imagens da internet

Inspirações

Mudanças são necessárias

mudança-vida-life

Mudanças são necessárias nas nossas vidas, para nos fazer crescer, criar responsabilidades, adquirir novos hábitos, respirar novos ares, conhecer novas pessoas, nos tornar pessoas novas.

As mudanças podem vim de várias formas através do amor ou da decepção, da insegurança, de uma viagem, de uma oportunidade, através de alguém ou de algo, as mudanças sempre vem. Eu posso dizer que sou uma garota de fases, sei quando termino cada uma e sei quando é hora de recomeçar, costumo dar uma trilha sonora para as minha fases assim como nos filmes, séries e novelas.

Todo mundo sabe quando muda e uma hora ou outra sabemos quando devemos mudar. A cada final de ano eu sei que no ano que se iniciará darei inicio á uma nova etapa da minha, mas pela primeira vez percebi que não é o ano que faz diferença e sim as minhas atitudes, 2017 foi um ano maravilhoso para mim, isso porque eu soube aproveitar as oportunidades, as amizades e acima de tudo soube aproveitar a vida.

Iniciei uma nova etapa na minha vida no momento em que parei de me vitimizar, de achar que tudo dava errado e de reclamar de tudo. A vida é maravilhosa, tenho saúde, acordo todos os dias bem, tenho família e amigos que me amam e que esse ano de 2017 demonstraram o quanto eu sou importante, na verdade acho que eu decidi reparar que eles me dão importância.

Parei de aconselhar as pessoas dando opinião na vida delas e passei a me colocar no lugar delas, sempre perguntando como eles se sentiam e o que fariam e isso foi graças ao blog que através dos posts de relacionamentos me aproximaram de pessoas incríveis como vocês meus leitores.

Descobri o quanto a vida pode ser maravilhosa e o quanto coisas boas acontecem quando se agradece a Deus, estou entrando em uma fase da minha vida que estou amando e em breve vocês saberão de todas as mudanças.

Xoxo!

 

Comportamento · YouTube

Não conte seus planos para ninguém

23472060_1822814747748344_6451295646517174364_n

Não conte seus planos para ninguém, quanto menos pessoas souberem da sua vida, melhor será. Pode parecer superstição, ditado antigo, mas eu já vivi diversas situações em que não contei meus planos para ninguém e ele se realizou plenamente e outras vezes que acabei soltando a língua, coisas que já estavam concretizadas, deram totalmente errado. Depois das minhas conclusões percebi que é melhor não contar mesmo, quando você conta sua vida para alguém, esse alguém pode atrair negatividade para seus planos e coisas que eram para dar certo acabam dando errado.

Estava pensando nesse assunto na semana passada e pensei em gravar um vídeo falando o que eu acho disso, sei que muitos irão concordar comigo. Não costumo mostrar minha vida amorosa nas redes sociais, isso porque como sou uma pessoa pública não quero expor meu relacionamento e mesmo não espalhando para geral algumas coisas no meu relacionamento não davam certo. Foi quando eu percebi que não era o que mostrava na internet (até porque na internet mostramos momentos felizes já concretos) na verdade o que causava alguns problemas, eram as pessoas que sabiam desses problemas.

“Amigas” que de alguma forma colocava negatividade, outras pessoas que apenas pelo fato de nos ver juntos, pessoas que falavam que isso não ia durar e até mesmo pessoas que eu contava sobre minha vida amorosa e de alguma forma colocava negatividade, lembro que planejei algo  e contei para algumas amigas, resultado: não aconteceu. Não quero dizer que as minhas amigas colocaram negatividade porque estavam desejando meu mal, no vídeo explico o motivo de não contar sua para pessoas próximas.

Depois que eu percebi que era o fato de eu contar as coisas para as pessoas que faziam com que não desse certo, resolvi mudar de tática o que é bem complicado para mim porque eu sou linguaruda HAhAHAHA muitas vezes não consigo me controlar. Mas enfim não foi só no campo amoroso que a tática de não contar deu certo, aqui no blog também percebi mudanças e em outros campos da minha vida.