Como evitar erros mais comuns ao vender uma empresa?

Você sabia que companhias que são vendidas de forma não profissional costumam perder, em média, 50% do valor? Neste artigo, citaremos os erros mais comuns feitos por empreendedores ao vender empresas e ensinaremos como evitar essas armadilhas, obtendo a melhor avaliação possível para seu negócio.

vender uma empresa
Publicidade - OTZAds

1.     Vender quando está em dificuldade

É comum que um empresário cogite vender o negócio ao enfrentar várias dificuldades, em especial financeiras. Contudo, esse é um erro que deve ser evitado. O pior momento para realizar a venda é justamente quando a companhia passa por problemas. Além do potencial número de interessados ser menor, as propostas tenderão a ter valores reduzidos. 

A recomendação é que o empreendedor busque ajuda profissional para identificar e ajudar a sanar o problema, seja por meio de uma consultoria de estratégia, marketing, operacional, assessoria financeira, entre outras. 

<
Publicidade - OTZAds

2.     Não preparar o negócio para a venda

Ainda que a empresa seja eficiente do ponto de vista operacional, tenha saúde financeira e atenda bem os clientes, isso não significa que ela está pronta para ser vendida. Conhecer as nuances do mercado de compra e venda de empresas é importante para definir a melhor estratégia para esse passo. 

Publicidade - OTZAds

Por isso, contar com um assessor financeiro experiente em M&A pode fazer uma grande diferença. Esse profissional avaliará a sua empresa e poderá propor uma série de medidas a serem tomadas para valorizar a companhia perante o mercado. 

3.     Não identificar e quantificar riscos e passivos

Um risco não tratado pode gerar destruição de valor para o negócio e o investidor está muito atento a isso. Nesse sentido, o assessor financeiro especializado em venda de empresas, com o apoio de outros profissionais, ajudará a identificar e quantificar os principais riscos e passivos da companhia (ex: tributários, trabalhistas, ambientais, regulatórios etc.). 

O assessor avaliará se o passivo ou o risco em questão é relevante a ponto de prejudicar a venda da companhia. Ele também irá apontar providências que podem ser tomadas e sugerir estruturas de contrato que podem oferecer proteção a ambas as partes. 

4.     Não ter realizado avaliação da sua empresa 

Publicidade - OTZAds

É fundamental que o empreendedor consiga identificar e justificar o valor justo solicitado pela companhia. Para isso, deve-se utilizar a metodologia de avaliação mais adequada para seu negócio. As formas mais comuns para fazer isso são: fluxo de caixa descontado (DCF), avaliação de múltiplos e dos ativos. O fluxo de caixa descontado costuma ser o método mais aceito pelos investidores para a compra de empresas em operação.

5.     Deixar de realizar um processo competitivo

Algumas empresas são colocadas à venda sem realizar um processo profissional de road show, ou seja, reuniões itinerantes de apresentação da empresa a potenciais investidores. Nessa etapa, a companhia tem a oportunidade de receber diferentes propostas, tendo seu preço estipulado pelo mercado. 

Publicidade - OTZAds

O processo competitivo é chave para a obtenção do melhor resultado. Sem essa etapa, corre-se o risco de o empreendedor cair em um dos extremos: perder a oportunidade de fazer negócio por exigir um valor irreal ou então fechar a venda com o primeiro interessado que aparecer, podendo ficar com um valor abaixo de outras ofertas potenciais do mercado. 

6.     Não preservar o sigilo do processo

Ao saberem que a empresa está em busca de um comprador, funcionários poderão ficar receosos e começar a procurar outro emprego. Ou, então, concorrentes se aproveitarão da situação para tentar captar seus clientes. Por isso, é crucial manter sigilo durante todo o processo e, se possível, deixar que este seja conduzido com exclusividade por um assessor especializado em M&A. 

Recomenda-se que a decisão sobre a venda da companhia só seja comunicada a clientes, fornecedores e funcionários 24 horas após a assinatura do contrato de venda. 

Vender uma empresa exige conhecimento estratégico e entendimento sobre as nuances do mercado. Contar com o apoio de uma assessoria especializada, desde a avaliação da empresa até o fechamento do negócio, o ajudará a evitar cair em armadilhas comuns e a enxergar oportunidades para adicionar valor. A Capital Invest oferece consultoria em M&A, auxiliando empreendedores a prepararem suas empresas para transações que gerem maior valor com menor risco. 

Dai Vieira

24 anos, Administradora, Especialista em Marketing Digital, apaixonada por moda e pelo mundo dos blogs. Te ajudo a criar um blog de sucesso, basta agendar uma consultoria. Aqui você encontra tudo sobre moda, beleza, decoração, comportamento, dicas para blog e muito mais.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: