Publicidade - OTZAds

A dependência emocional te prende

A dependência emocional te prende em um lugar onde você não queria estar, ela te deixa presa a alguém que te faz mal ou até mesmo a alguém que não te quer. Por isso muitas pessoas aceitam o inaceitável, por não conseguir sair de um relacionamento ruim.

dependência emocional

Foto: Depositphotos

<
Publicidade - OTZAds

Imagine amar alguém e não conseguir viver sem essa pessoa. Você tenta se libertar, tenta fugir, tenta se separar, mas não consegue. Por isso você fica ali, amando aquela pessoa, perdoando os erros delas, aceitando tudo, mesmo que não queira aceitar.

Uma vez ouvir uma frase e nunca mais esqueci dela. E essa frase diz o seguinte: “ninguém morre de amor”. E por muito tempo eu repetir isso em conselhos para minhas amigas, para as minhas leitoras, mas na verdade talvez nunca tivesse pensado no quanto essa frase é profunda. Sim ninguém morre de amor, porque a dependência emocional não é amor, é doença. Uma doença que pode ser curada com terapia, se puder façam terapia, acredito que todo mundo no mundo precise.

Isso causa medos e problemas como por exemplo:

Colocar a outra pessoa em primeiro lugar

Você deve ser sempre sua prioridade, se você costuma colocar a outra pessoa em primeiro lugar na hora de tomar decisões, realizar tarefas, fazer escolhas, fazer algo que não gosta para agradar o outro, você pode sim estar se tornando dependente.

Ter medo de ficar sozinha

O dependente emocional muitas vezes prefere estar em um relacionamento amoroso ruim, do que ficar sozinho. Ficar sozinha não deve ser um medo, você não precisa sentir medo de ficar sozinha, de ficar solteira, é necessário curtir sua companhia para que aprenda a curtir a companhia de outra pessoa de forma saudável.

Publicidade - OTZAds

Acreditar que o outro vai mudar

Infelizmente é necessário querer mudar, e geralmente as pessoas não querem. Mas a dependência emocional faz com que você ache que a pessoa amada vai mudar, e por isso você perdoa os erros, fica no relacionamento acreditando nessa mudança. Porém ela nunca acontece, porque se você perdoa alguém sempre, ela se acostuma a errar.

Se culpar pelo erro do outro

A dependência emocional te faz acreditar que a culpa é sua, pelo erro do outro. Ele geralmente diz isso, que ela age dessa forma porque você provoca a situação, ele sempre arruma uma forma de jogar a culpa em você. Mas o problema é que as vezes você acredita que a culpa é sua mesmo não sendo.

Crises de ansiedade e depressão

É muito comum pessoas que sofrem com a dependência pelo outro desenvolverem ansiedade e depressão. Por isso é importante procurar um profissional se você sente que está passando por isso.

Um dependente emocional ela não consegue viver sem aquela pessoa, para ela conseguir se libertar disso precisa de ajuda, apoio e também precisa querer. Todos nós precisamos de ar para sobreviver, mas o dependente emocional ele pensa que sem aquela pessoa ela não sobrevive. E por isso ela aceita migalhas, aceita menos do que merece em um relacionamento para que não posso ser deixado.

Geralmente a pessoa sabe que a outra tem dependência emocional e usa disso para conseguir o que quer, para fazer coisas que sabe que o outro vai perdoar. Mas por favor não aceite menos do que você merece, não aceite pouco por “amor”. Não é fácil deixar de ser dependente do outro, mas é possível.

Por isso se você perceber que o outro te faz mal, e você não consegue deixá-lo, se você as vezes até se separa, mas depois volta. Procure ajuda, converse com um amigo, um familiar, um profissional e liberte-se. Pois não é legal se sentir preso, você é livre para viver da forma que preferir, sem aceitar situações desconfortáveis, ofensas, migalhas de afeto. Afinal você merece muito mais e vai conseguir superar a dependência emocional.

Publicidade - OTZAds

1 comentário em “A dependência emocional te prende”

  1. Pingback: Como superar o fim de um relacionamento - Crescendo aos Poucos

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: