Exercício Intuitivo: a queima de gordura com a saúde mental

Publicidade - OTZAds

União entre corpo e mente permite novas motivações e menos culpa na hora da realização de exercício físico.

Exercício Intuitivo: a queima de gordura com a saúde mental
Créditos:iStock

A prática de exercícios físicos é um bem que serve tanto para o corpo quanto para a mente. São diversas motivações que permitem que exercícios sejam feitos de forma regular; seja pelo emagrecimento, para manter a saúde em dia ou mesmo apenas para o bem-estar, essas motivações são dignas e permitem que o corpo se mantenha sempre em movimento. Para além destas razões, há também a prática de exercícios pelo autocuidado.

<
Publicidade - OTZAds

O Exercício Intuitivo vai além de uma modalidade de treino, ele abrange diversas questões da mente e funciona como uma forma de pensar sobre movimentar o corpo. Com cada vez mais pressões pelo corpo ideal, o Exercício Intuitivo vem na contramão de motivações tradicionais na prática de atividades em busca da beleza irreal, e seu objetivo é treinar pelo bem-estar, exercendo sempre o autocuidado e trabalhando a mente de maneira ampla.

Quando o corpo é exercitado, diversas substâncias são liberadas, possibilitando que a mente também sinta as vantagens. Por isso, para além dos benefícios físicos e estéticos, o exercício é uma maneira de prevenir e tratar problemas como ansiedade, depressão, intolerância, déficit de atenção, mudanças bruscas de humor, alimentação compulsiva, entre outras doenças que estão em constante crescimento na população. Praticar atividades físicas, visando não apenas o bem do corpo, permite que a mente também usufrua da experiência.

A proposta do Exercício Intuitivo trabalha principalmente na reflexão sobre a motivação na qual o indivíduo escolhe para a prática da atividade. Responsáveis pela criação do termo perceberam que, quando pessoas que já praticavam atividades físicas por motivações consideradas angustiantes, como insatisfação com o peso corporal, por exemplo, tinham relatos de problemas psicológicos, como a insatisfação e culpabilidade por sair de dietas. Dessa forma, o objetivo tornou-se ressignificar a prática de atividades físicas, sempre aliando a pensamentos positivos, que facilitam o impulsionamento de treinos.

Para começar na prática, o primeiro passo é buscar uma avaliação profissional. Dessa forma, é possível ter uma dimensão de qual o limite do corpo, não criando expectativas irreais. Começar dessa forma permite que a mente trabalhe a favor dos resultados obtidos e veja frutos positivos durante todo o processo.

Após essa etapa, o Exercício Intuitivo trabalhará com técnicas comportamentais para ressignificar o que a prática de atividades físicas significa para cada indivíduo. Profissionais capacitados na técnica são capazes de conduzir de forma gentil as práticas e trabalhar até o limite estabelecido pelo corpo de cada um. Além disso, a técnica trabalhará a mente para que durante o treino a atenção seja voltada também para as percepções e os sinais do corpo.

Diferentemente da prática de exercícios convencionais, o Exercício Intuitivo visa também trabalhar a saúde multidimensional, ou seja, exercitar questões para além do corpo, permitindo que o bem-estar seja completo. Reflexões com questões como o emocional, social, espiritual e financeiro são colocadas para que cada indivíduo tenha consciência e satisfação completa sobre a vida. Para ter ainda mais sucesso nessa prática, essas reflexões precisam ser levadas para esses outros pontos da vida. Estar bem com o corpo engloba estar bem com tudo ao redor, e essa busca pode ser uma das razões pela qual o indivíduo resolve se exercitar, ou seja, o exercício pode ser uma busca para aliviar momentos difíceis no trabalho, para ter momentos mais felizes consigo, entre outros.

Manter uma rotina de exercícios é importante, mas também vale lembrar que ser refém das práticas não é saudável. O objetivo é permitir que o treino tenha sempre resultados positivos, não sendo necessária a culpabilidade, caso não seja possível exercitar-se na hora ou no dia marcado.

Publicidade - OTZAds

O emagrecimento não é o principal objetivo do Exercício Intuitivo, mas nem por isso exageros devem ser cometidos na alimentação. É preciso manter o equilíbrio e ter uma nutrição adequada, incluindo frutas, legumes, proteínas e cereais. Diferentemente de dietas, o indivíduo pode comer em pequenas quantidades alimentos mais calóricos e que seriam considerados vilões, como pizzas, salgados e massas, desde que com moderação. O importante é não se sentir culpado após o consumo.
Por fim, vale lembrar que, para manter o corpo em equilíbrio e saudável, é importante fazer consultas regulares com médicos e exames periódicos. Os profissionais podem ajudar a regular o uso de vitaminas e calcular quantas gramas de creatina por dia são necessárias para ter mais energia. Outros especialistas, como profissionais de educação física, também podem ajudar na hora de calcular quanto tempo de exercício é recomendado e quais práticas são mais aconselhadas. E profissionais da área de psicologia podem ajudar na hora de trabalhar as questões emocionais que envolvem a prática de forma individualizada.

Publicidade - OTZAds

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: